Corrimento Vaginal

Todas as mulheres apresentam conteúdo vaginal fisiológico. Contudo há uma diferença entre o conteúdo normal e o corrimento vaginal, que pode se manifestar através da alteração do volume, odor, cor, além dos sintomas que causam.

 

Principais sinais e sintomas de corrimento vaginal:

– Aumento do conteúdo vaginal;

– Variação da cor de branco opalescente e cristalino (de acordo com a fase do ciclo) para amarelo tipo pus, amarelo-acinzentado, amarelo-esverdeado, branco-amarelado etc.;

– Odor fétido principalmente após relação sexual e no final do ciclo menstrual;

– Dor e ardência ao urinar;

– Dor durante a relação sexual;

– Dor Pélvica;

– Coceira vulvovaginal.

 

Causas do corrimento vaginal

Normalmente o corrimento ocorre devido ao desequilíbrio da flora vaginal. Este desequilíbrio pode ser causado por:

– Relações sexuais sem uso de preservativo;

– Agentes infecciosos, como Gardnerella vaginalis, clamídia, cândida, Neisseria gonorrhoeae, tricomonas e HPV;

– Alterações no PH vaginal onde o normal varia entre 3,8 a 4,3 (ácido). Isto pode ocorrer quando o sistema imunológico é comprometido, uso de antibióticos prolongados, duchas vaginais, etc;

– Hábitos incorretos de higiene;

– Problemas dermatológicos, como dermatite atópica, psoríase, etc.

 

Variações de corrimento vaginal de acordo com suas características

Corrimento Amarelo

O corrimento amarelado pode ser sinal de infecção ginecológica, principalmente quando houver mau cheiro, ardência ou coceira vaginal. Gardnerella e tricomonas são alguns exemplos de agentes causadores deste tipo de corrimento.

Na gestação, infecção por tricomonas ou Gardnerella pode aumentar o risco do bebê nascer antes da data prevista ou com baixo peso se não tratado. Nas mulheres pode estar associado a aumento risco de infecção pelo HIV e infertilidade.

 

Corrimento Branco

O corrimento branco pode ser normal, principalmente se for fino, sem odor e em pequena quantidade. Contudo se for um corrimento branco em placas e estiver associado com coceira vaginal pode ser candidíase.

Na gravidez a candidíase é comum pelo fato da gestante apresentar baixa imunidade, assim como em pacientes diabéticas.

 

Corrimento Marrom

O corrimento marrom pode ocorrer quando ocorre após o termino da menstruação devido a presença de coágulos e também após o contato íntimo, que irrita as paredes da vagina. Se associado com outros sintomas pode indicar infecção.

Deve sempre ser avaliado, pois pode indicar um sangramento anormal causado por alguma doença.

 

Busque ajuda médica

Procure ajuda de um médico ginecologista se perceber que seu conteúdo vaginal está diferente do normal. Qualquer alteração na cor, consistência ou odor que persistir deve ser investigada. Afinal o corrimento pode ser um importante indicativo de infecção, causando maiores complicações se não tratado adequadamente.

 

Artigo Revisado por Dra. Vanessa Sarto Soares – CRM-PR: 21252

Ginecologista – Clínica Doutor Saúde